Salão Valentina

Vá para a home

Antigamente, o cabelo loiro se resumia àquelas descolorações (a.k.a luzes) feitas com toucas, mechas fininhas e era usado principalmente, pelas mulheres de meia idade com finalidade de esconder os cabelos brancos.

O que muita gente não sabia, e alguns ainda não sabem, é que a descoloração é o processo químico que mais agride o cabelo. A ação química do pó descolorante, juntamente com o oxidante, abre a escama do cabelo, penetra nos fios e o despigmenta (descolore). Além de despimentar os fios, a descoloração retira do fio tudo o que nele encontrar: aminoácidos, proteínas, vitaminas.  Daí o tão temido “efeito palha” nas madeixas.

Com o avanço da tecnologia o quadro mudou.  Hoje  podemos encontrar, além do tradicional pozinho azul, descolorantes em forma de óleo, creme e pós que possuem ação menos agressora aos fios.  Isso porque  o mercado descobriu que descolorir os cabelos não é mais um luxo exclusivo das trintonas (oi!).  Atualmente  mocinhas de todas as idades já são amantes e adeptas da descoloração, e de suas diversas técninas de aplicação.

Vamos entender uma por uma:

LUZES


A técnica de luzes consiste em clarear e ilumininar os cabelos por meio de mechas bem fininhas, que podem ser feitas por todo o cabelo ou em pequenas partes.  O tom escolhido é normalmente de um a três tons mais claros do que a cor predominante do cabelo.  Luzes bem feitas se misturam à cor do cabelo dando um aspecto bem natural de clareamento.

REFLEXOS


Nos reflexos são clareadas mechas mais largas dos cabelos.  As cores, geralmente, são bem mais claras e definidas. O efeito não fica tão natural.

BALAIAGEM


É um clareamento mais superficial, aplicado em algumas mechas misturadas à cor do cabelo. Os tons utilizados são próximos à tom natural (dá uma ideia de “cabelos iluminados pelo sol”) e é aplicada apenas na parte superior dos cabelos. É super indicada para quem quer clarear, mas ainda tem um pouco de receio, pois tem um efeito leve.

MECHAS CALIFORNIANAS


Nas famosas californianas as pontas dos cabelos ficam mais claras e a raiz mais escura. Possuem este nome, pois imitam os surfistas da praia da California, EUA, acostumados a passar parafina no cabelo (isso é tão 1990 praia de Ipanema, néam leitoras cariocas?) que com o sol clareia as pontas.  Elas dão mais luminosidade às pontas e efeito de profundidade ao cabelo.  O resultado final são cabelos com tons dourados, vindo em ton sur ton desde a raiz até as pontas.

INVISI-LIGHTS

Essas luzes chegaram a pouco tempo no mercado. São mechas finíssimas, que se se distribuem por toda a cabeça dando luminosidade e profundidade aos cabelos. Feitas em diferentes tons, ela pode ser assim: cabelos escuro, terá nuances mais claras; cabelos claros, terá luminosidade.  Ela também dá a ideia de cabelo volumoso, que andam super em alta.

(as fotos encontradas no Google para exemplificar esse tópico precisavam de autorização para publicá-las.
Por isso ficará sem imagem)

OMBRÉ-LIGHTS


A última novidade em descoloração, mas que também pode ser feito por meio de tintura. É um novo jeito de conseguir tons arrojados e únicos para os cabelos. Consiste numa graduação de cor, do escuro ao claro. Mantém a raiz escura, no meio começam as luzes num tom intermediário e bem espalhadas, clareando até as pontas. Mas no que ela difere das californiana? Enquanto nas californianas o efeito desejado é de cabelo queimado pelo sol, nas ombré-lights o efeito desejado é o de um degradé natural dos cabelos. Conseguem pegar a diferença?

Para os interessados, aqui no Valentina usamos o pó descolarante Violeta New Blonde da K.Pro. Além de agredir menos os cabelos, ele contém uma exclusiva mistura de pigmentos violeta para suave neutralização dos tons quentes da descoloração, proporcionando um efeito mais natural.

Sempre bom lembrar que, como falamos acima, essa é uma das químicas que mais agridem o cabelo, por isso é necessário antes de descolorir uma avaliação prévia, feita pelo profissional de sua confiança,  dos seus fios. Além de uma super hidratação. Aqui a gente recomenda o combo Hidratação de Caviar da K.Pro, mais o SH-RD Protein Cream da N.P.P.E, para hidratação e prevenção em casa. Dupla imbatível no combate aos cabelos ressecados!

Beijos procês!

Mi (em breve em versão Ombré-Lights)

  • Subscribe to our feed
  • Share this post on Delicious
  • StumbleUpon this post
  • Share this post on Digg
  • Tweet about this post
  • Share this post on Mixx
  • Share this post on Technorati
  • Share this post on Facebook
  • Share this post on NewsVine
  • Share this post on Reddit
  • Share this post on Google
  • Share this post on LinkedIn


5 comentários para MANUAL DA DESCOLORAÇÃO

  1. Ana Carla diz:

    Gostei do corte da Flávia Alessanda!!!
    Acho que vai ser esse : )
    bjoss

  2. Talita diz:

    Amo as californianas… Agora, estou pensando em fazer as ombré…Bjos

  3. adorei as dicas que voces passam pra nós clientes e consumidores daqui,que muitas vezes somos aflitos por querer fazer uma coisa nova no cabelo ou ter feito algo que não ficou bom,sempre tem uma questão diferente que aqui agente se sente segura de esclarecer ….parabens

  4. Alexandra Figueiredo diz:

    Olá eu gostaria de saber se após o descoloranento podemos pintar o cabelo?!
    Obrigada! !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>